Entenda o que é Hérnia de Disco e o que ela pode causar.

A hérnia de disco ocorre quando um traumatismo leva à ruptura do disco de cartilagem que está localizado entre as vértebras (ossos que compõem a coluna vertebral). O fragmento do disco pode migrar para o canal que passa pelo interior da coluna (canal vertebral) e comprimir as raízes que estão no seu interior (aqui vale uma figura). Ela é mais frequente na coluna lombar, seguida da coluna cervical.

 

Quando ocorre ao nível lombar, o paciente apresenta dor em região lombar (lombalgia) que se irradia em faixa para uma das pernas. A irradiação segue a faixa de inervação da raiz comprimida.

Quando a hérnia de disco ocorre ao nível cervical

O paciente apresenta dor no pescoço (cervicalgia) com irradiação para os braços, também respeitando a faixa de inervação da raiz que sofre compressão . A redução dos reflexos tendineos é comum. Nos casos graves, o paciente pode apresentar fraqueza motora e alterações de sensibilidade, como formigamento, queimação e sensação de descargas elétricas. Existe uma condição clínica muito grave chamada “Síndrome da cauda equina”.

Nesse caso, o paciente apresenta dor lombar com irradiação para as pernas, associada a fraqueza muscular nas pernas e nos pés, diminuição da sensibilidade em nádegas e área genital, dificuldade de reter urina e fezes e dificuldade de controlar o intestino e a bexiga. Os homens podem apresentar disfunção erétil. A Síndrome da calda equina requer cirurgia imediata, além de reabilitação no período de pós operatório. A ausência de tratamento imediato pode trazer sequelas neurológicas irreversíveis.

 

Cerca de 90% dos pacientes com hérnia de disco são tratados com analgésicos, anti-inflamatórios e fisioterapia. Uma minoria requer tratamento cirúrgico. O grau de recuperação neurológica após a cirurgia depende do tamanho da hérnia, da anatomia, dos cuidados de reabilitação e da plasticidade neural do paciente (capacidade do sistema nervoso de se recuperar diante de uma agressão).

 

A prevenção da hérnia de disco é feita com medidas gerais de saúde: sono adequado, alimentação balanceada, controle de peso e prática de atividade física adaptada às condições do paciente. Exercícios físicos intensos e com posturas viciosas aumentam o risco de hérnia de disco.